... Escrever não é somente emaranhar letras, pontuações, gramática, ortografia... Escrever é degustar paixões, sentimentos, desejos, inspirações... É sentir na pele o suor do entender, do comunicar... É beijar-se, sentir calafrios, dúvidas, o gelo nas mãos... É entregar-se às volúpias, desatinos e loucuras... É arriscar o inimaginável, o proibido, o inacreditável...
É prazer...
Escrever é fazer Amor com letras ...

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Afinal, o que querem as mulheres?

Eu? Quero ser mulher...

Pura e simplesmente...


Quero naum ter que fingir felicidade, segurança, certeza e orgasmos...

Quero falar a verdade, ter alguém que me ajude em casa e não trabalhar tanto...

Quero falar palavrão sem que me olhem com mimimi, quero arrotar, acordar sem me preocupar com o encanamento...


Quero rir de um passe errado no futebol, quero ir ao teatro ver o ballet Giselle, quero andar de bicicleta...

Quero costurar um vestido, calibrar um pneu, arrumar o cabelo, quero dinheiro...

Quero depilação sem dor, chocolate sem engordar, TPM sem menstruar!


Quero ser mulher sem cartilha, sem bê-á-bá, sem romance ou ficção...

Quero ser quem eu pensar que eu sou... Hoje loira, amanhã azul, verde, preta ou cinza...

Quero ser cantora, bailarina, atriz, médica, advogada, paciente, puta, mãe, amiga...


Quero ser mulher... A mulher dele... Do jeito que eu quiser...

Dele do jeito que ele quer...

Eu quero ser mulher do homem que eu escolhi... Mulher reinventada, alucinada, surtada, normal...

Sua mulher, do jeito q eu sou e do jeito q eu quiser!


Quero voar pra dento do seu ser com um monte de balões a gás...

2 comentários:

Giuliano Nascimento disse...

Lindo, lindo, lindo...
Amo a delicadeza das suas palavras em contraste com a sua força de fêmea.

E eu ficaria tão alegre se ao menos soubesse arrotar, meu arroto é tão sem graça rs...

Glaucinha disse...

e eu preferia menstruar sem tpm...nossa, eu viro o cão na tpm rsrsrsr